Conclusão

O Dirac, apesar de bem escrito e documentado, não é um codec trivial e fácil de entender. O próprio tem alguns bugs, alguns deles corrigidos neste projeto, e partes incompletas. Mesmo assim, é um excelente codec, apresentando um desempenho muito superior aos existentes no mercado.

Todos os testes alterando os parâmetros de codificação tiverem base na própria ferramenta criada pelo grupo, em especial a analise de diferença de pixels entre o vídeo original e codificado. Esta forma foi, na maioria da vezes, muito satisfatória. Mudando a forma de se calcular para uma diferença quadrática obviamente acentuaria as diferenças dos vídeos, mas talvez não fosse tão didático e fácil de entender como do modo atual. Foi importante notar que nem sempre um vídeo com erro menor, ou mesmo um tamanho relativo maior, terá que ser o que tem melhor aspecto em termos de visualização a olho nu. Isso acarreta a procura de um modo melhor de analisar matematicamente o vídeo original em relação ao codificado.

É importante frisar que a escolha dos parâmetros para deixar um vídeo com uma boa relação qualidade x tamanho depende muito do objetivo do usuário, visto que há milhares de combinações diferentes para codificar um vídeo.

Em relação ao estudo de codificação do vídeo, pode-se dizer que o projeto foi muito satisfatório, pois explora uma grande gama de opções de analise de codificação, todas muito bem desenvolvidas.

Assim, é correto afirmar que o objetivo proposto no projeto foi atingido, pois a criação de desta ferramenta didática para o estudo de um codec de vídeo ajuda a entender e analisar, de modo geral, o codec Dirac.

Last edited Mar 31, 2010 at 4:32 PM by raphamotta, version 1

Comments

No comments yet.